Colágeno

22 Produto(s)

Direção Descendente

produtos da categoria

22 Produto(s)

Direção Descendente

Colágeno

A pele é considerada um órgão de múltiplas funções. Formam a primeira linha de defesa contra microrganismos (órgão imunológico), pois reveste todo o corpo, sendo o primeiro contato com o ambiente externo ao nascimento. Age como barreira protetora contra as agressões químicas, biológicas, mecânicas, fatores externos como poluições diversas, aos raios solares, combatendo contra as ações deletérias que estes agentes podem ao organismo.

Possui a capacidade de renovar sua camada superior continuamente, descamando-se e misturando-se com a secreção das glândulas sudoríparas e sebáceas, evitando que a pele tenha um aspecto escamoso ou áspero.

Além disso, é o maior órgão do corpo e apresenta também a função de conter as outras partes do organismo. Age como órgão sensorial, regula a temperatura corpórea, a produção de vitamina D3, excreção de eletrólitos e outras substâncias, além de impedir a perda de água e de proteínas para o meio externo. Porém, não se comporta como barreira totalmente impermeável, pois há um gradiente de penetração dependente da concentração e natureza da substância penetrante.

É constituída por tecidos de origem ectodérmica e mesodérmica que se arranjam em três camadas distintas: a epiderme, a derme e a tela subcutânea, sendo que esta última, embora apresente a mesma estrutura e morfologia da derme não faz parte da pele, apenas serve como suporte e união da derme aos órgãos subjacentes, além de permitir a pele uma considerável amplitude de movimento. Permeando estas estruturas, encontram-se os vasos sanguíneos, nervos e terminações nervosas, além dos anexos cutâneos.

As principais células da derme, denominadas fibroblastos, sintetizam o colágeno e a elastina e é a degradação destes dois produtos dos fibroblastos, por meio da exposição excessiva ao sol e fatores extrínsecos, que acaba provocando rugas e perda de elasticidade da pele.

O colágeno é a proteína mais abundante do organismo. É formado principalmente pelos aminoácidos glicina, prolina, alanina e hidroxiprolina que formam o tropocolágeno, sendo que vários destes unem-se formado o colágeno e dispõe-se em forma de fibrilas que se entrelaçam constituindo assim a fibra colágena.

 O colágeno é mais abundante durante a infância, tendo sua produção diminuída na puberdade, estabilizando-se por volta dos 20-30 anos, e interrompida na velhice.

Apesar do colágeno hidrolisado não apresentar perfil de alta qualidade nutricional, resultados de estudos com animais indicaram um efeito estimulador do mesmo sobre o metabolismo da pele.

O colágeno hidrolisado tem sido muito utilizado em produtos farmacêuticos e suplementos alimentares para melhorar tecidos da pele e cartilagem. Ele é digerido e absorvido no trato digestivo, aparece no sangue humano, em partes em forma de peptidios, e é acumulado na pele por até 96 horas.

Por sua semelhança bioquímica com o colágeno genuíno no tecido conjuntivo e, especialmente, com o colágeno tipo I na derme, sugere-se que a suplementação oral de colágeno hidrolisado pode ter efeitos benéficos e pode promover tanto a biossíntese de colágeno do tipo I e o processo de reparação de uma ferida dérmica.  Assim a ingestão de colágeno hidrolisado tem impacto potencial positivo, protegendo a pele do envelhecimento.

Em relação às doenças degenerativas das articulações, sua melhora após administração oral de colágeno hidrolisado tem recebido crescente atenção. Além das experiências com animais, investigações clínicas também demonstraram um efeito terapêutico positivo do colágeno hidrolisado administrado oralmente no tratamento da osteoartrite.

Estudos clínicos realizados com colágeno hidrolisado sugerem que a ingestão diária de 10 gramas, reduz a dor nos pacientes com osteoartrose de joelho e quadril.

Num estudo comparativo com um grupo placebo realizado em clínicas nos Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha, foi observado no grupo alemão, uma melhora significativa no tratamento com utilização de colágeno hidrolisado, em relação ao placebo. Entre todos os países avaliados, observou-se que pacientes com sintomatologia muito severa da doença apresentaram melhora com o tratamento à base de colágeno hidrolisado, em comparação com o placebo.

Verificam-se assim os benefícios para a pele e cartilagem da administração oral de colágeno hidrolisado.

Colágeno
Menor Preço: R$29.90

Newsletter

Contato

São Paulo(11) 4063-5511

Rio de janeiro (21) 4063-7575

Belo horizonte (31) 4063-9533

brasilia (61) 4063-8266

salvador(71) 4062-9296

curitiba (41) 4063-5511