Whey protein ou albumina: saiba qual você deve tomar

Alguns preferem o whey por sua rápida absorção, enquanto outros decidem consumir a albumina pelo melhor custo-benefício. Porém, apesar de ambos serem suplementos de proteínas, cada um possui particularidades próprias que devem ser levadas em conta na escolha – ou combinação. Entenda mais na matéria a seguir e veja se você pode decidir entre o whey protein ou albumina.

Whey e albumina se destacam entre as principais proteínas utilizadas por quem malha. Devido as suas propriedades que ajudam na recuperação das fibras musculares depois de atividades intensas, o whey se tornou o mais badalado entre todos, induzindo muitos praticantes de musculação a utilizarem exclusivamente este suplemento.

Entretanto, existem diversos tipos de proteínas, e cada uma possui características diferentes e complementares. Dependendo do caso, a ingestão da albumina é tão importante quanto o consumo do whey.

Mas, você sabe qual o melhor para você? Confira no post mais detalhes sobre cada um desses suplementos proteicos e como eles podem te ajudar a potencializar os seus resultados na hipertrofia.

O que é whey protein?

O whey protein, ou proteína do soro do leite, é um suplemento proteico em pó, extraído do soro do leite da vaca durante o processo de produção de diversos tipos de queijos. Atualmente, o whey pode ser encontrado em três versões diferentes: concentrado (WPC), isolado (WPI) e hidrolisado (WPH).

O WPC é o tipo mais simples do suplemento, enquanto o isolado é submetido a um processo de filtragem minucioso, tornando-o mais puro. Já as proteínas hidrolisadas passam por um processamento chamado de hidrólise, que quebra as proteínas em partículas ainda menores, facilitando a sua digestão e absorção pelo organismo.

O resultado desses tipos de whey é um suplemento com alta concentração proteica, indicado para atletas que desejam aumentar a sua ingestão de proteínas diariamente e ser um aliado na hipertrofia muscular, como também pode ser usado em dietas de emagrecimento para aumentar a sensação de saciedade com baixo teor de gordura e carboidratos.

O que é albumina?

A Albumina em forma de suplemento geralmente é extraída da clara do ovo pasteurizada – apesar de também ser encontrada no sangue e leite -. Rica em valor proteico e com excelente perfil de aminoácidos essenciais (aqueles que não são produzidos pelo corpo), a albumina garante efeitos semelhantes ao whey protein na reparação e desenvolvimento muscular.

Whey protein e albumina: por que ambos são importantes para quem quer ganhar massa magra

O diferencial principal do whey é sua rápida absorção. O tempo médio para que a proteína seja digerida pelo organismo varia entre 10 a 90 minutos. Essa propriedade o torna ideal para ser ingerido no pós-treino. Tal necessidade ocorre porque em atividades que ocasionam forte desgaste muscular, tal como a musculação, a fonte essencial para a recuperação muscular são os aminoácidos. Caso não haja quantidades suficientes para que o corpo se restabeleça, é iniciado um processo de retirada de aminoácidos dos tecidos musculares, ocorrendo perda de massa magra durante o processo.

Já a albumina se encaixa como um suplemento de lenta absorção, pois necessita de um tempo maior para ser digerida pelo organismo, algo em torno de duas a três horas. Dessa forma, ela fornece aminoácidos de forma gradual e constante, sendo ideal para manter o metabolismo elevado por mais tempo. Além disso, a liberação lenta do nutriente no organismo evita que haja um pico maior do que o corpo consiga utilizar, e, como consequência, evita que o mesmo armazene o excesso como depósito de energia na forma da gordura.

Com isso, fica evidente o motivo de especialistas afirmarem que é preciso combinar os dois tipos de proteína a fim de obter melhores resultados, tanto as de rápida, como as de lenta absorção.

Enquanto o consumo do whey protein deve ser priorizado antes e depois dos treinos para garantir a rápida síntese de proteínas e recuperação muscular, é recomendado que a albumina seja ingerida ao longo do dia, como ao acordar e antes de dormir, quando o organismo precisa de um bom estoque de proteínas e que elas sejam liberadas gradualmente para os músculos.

Além dos dois suplementos, também é ideal adicionar outras fontes de proteína à sua dieta, principalmente os naturais. A quantidade e frequência de consumo de cada uma delas deve ser definida por um profissional da nutrição que, além de te dar toda a orientação necessária, irá informar quais os alimentos e suplementos irão proporcionar o melhor resultado para você sem prejudicar sua saúde.

Whey protein ou albumina: qual é o melhor

Como foi abordado anteriormente, em uma disputa entre a albumina ou whey protein para hipertrofia não existe um vencedor, pois cada um oferece vantagens distintas e que se complementam em uma dieta para ganho de massa muscular. Abaixo, conheça um pouco mais sobre os benefícios de cada um.

Benefícios do whey protein

  • Fornece proteínas de alto valor biológico (melhor aproveitamento pelo organismo) e de rápida absorção.
  • A versão isolada é livre de carboidratos, gorduras e lactose.
  • Possibilita a síntese de proteínas e acelera a recuperação das fibras musculares danificadas após a sessão de exercícios.
  • Reduz os sintomas de cansaço comuns após os treinos de força.
  • Contém altas concentrações de glutamina e BCAA, que ajudam na construção muscular.
  • Possui ação antioxidante, aumenta o sistema imunológico e ajuda na diminuição do colesterol “ruim” (LDL).

Benefícios da albumina

  • Possui alta concentração proteica, assim como o whey protein.
  • Possui proteínas de absorção lenta, ideal para períodos em jejum prolongado.
  • Protege os músculos durante o sono, liberando proteínas gradualmente na corrente sanguínea.
  • É rica em nutrientes importantes para o corpo, como vitaminas do complexo B e minerais, como o ferro e o fósforo.
  • Ajuda a fortalecer o sistema imunológico.
  • Pode ser consumida por intolerantes à lactose, pois não possui leite e nem derivados na sua composição.

Agora que você já conferiu os benefícios de cada um dos suplementos, suas indicações e melhores períodos para a ingestão, use essas informações para combinar o whey e a albumina na sua dieta e tirar melhor proveito dos dois juntos.

Gostou do artigo? Então continue acompanhando o blog da Madrugão Suplementos para continuar conferindo conteúdos como esses, que irão te auxiliar a maximizar seus resultados no ganho de massa. Ah, e não se esqueça: aproveite para compartilhar este post com seus amigos que continuam tendo dúvidas entre qual suplemento proteico escolher!

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.