Combinação entre suplementos: quais os efeitos no organismo e como fazer corretamente?

Os suplementos alimentares e ergogênicos estão sendo cada vez mais consumidos por frequentadores de academia ou praticantes de outros esportes para potencializar o seu desenvolvimento muscular e melhorar a performance. Eles também entram na rotina de quem simplesmente quer melhorar sua nutrição, impedir o déficit de nutrientes ou ter uma ajuda extra para acelerar a perda de peso.

Em todos esses casos, a grande diversidade de suplementos encontrados no mercado faz com que a maioria das pessoas fique com dúvidas de como combinar os diferentes produtos, conforme o seu objetivo, sem afetar a sua saúde.

Neste post, vamos te dar dicas de como fazer a correta combinação de suplementos para aumentar os seus resultados.

Confira!

Quais os riscos de combinar suplementos de forma errada?

Se você não está afim de mandar o seu dinheiro direto para a lata de lixo, preste muita atenção aqui. Da mesma forma que a combinação correta entre suplementos pode otimizar as propriedades de cada um, aumentar a absorção pelo corpo e trazer melhores resultados, o contrário também pode ocorrer se não for feito da forma certa.

Alguns suplementos ou compostos encontrados dentro da fórmula podem inibir parcialmente – ou até mesmo totalmente – a ação do suplemento tomado junto, ou dos dois.

Para ficar mais claro, vamos usar como exemplo a alimentação. Você já ouviu falar que não devemos tomar leite após as principais refeições (almoço/jantar)? Essa recomendação não é dada porque você vai passar mal ou ter uma indigestão, e sim porque o cálcio presente na bebida dificulta a entrada do ferro no sangue.

Por outro lado, alguns nutrientes melhoram a absorção do ferro pelo organismo, como é o caso da vitamina C. Por isso é tão recomendado consumir uma laranja, uma limonada ou suco de laranja fresquinho após as refeições.

Tanto o ferro quanto o cálcio são importantíssimos para a manutenção da nossa saúde, mas juntos eles não formam uma parceria interessante. Entendeu?

Não é incomum encontrarmos pessoas que consomem um suplemento de vitamina C junto com o, um suplemento de cálcio. Você já pode imaginar o resultado…

Quando posso combinar suplementos alimentares?

Cada complemento alimentar oferece um ou mais benefícios específicos. Enquanto alguns contribuem com o aumento da resistência e força, outros ajudam no desenvolvimento da massa magra. Então, para saber como combiná-los corretamente – e, assim, aproveitá-los ao máximo – você precisa ter muito bem definido quais são os seus objetivos.

Antes de tudo, a suplementação deve ser orientada por um profissional de nutrição, pois não existe uma “receita de bolo”, apenas uma ideia de suplementos que funcionam bem juntos. Os tipos de suplementos, as doses e os horários precisam ser respeitados para não causar prejuízos a sua saúde e te levar ao seu objetivo, seja na performance, no seu físico ou na melhora da saúde.

Tendo isto em mente, vamos apresentar a você algumas das combinações mais comuns entre suplementos. Vamos lá?

Combo de suplementos para aumento de força e resistência

Os suplementos que são compostos por aminoácidos ajudam a aumentar a força, a resistência à fadiga e a hipertrofia muscular.

A combinação Creatina + Beta-alanina são os dois principais suplementos dessa categoria e usados em conjunto para reduzir a fadiga, retardar a exaustão e dar o suporte necessário para treinos pesados e longos, aumentando a capacidade de trabalho dos músculos.

Quando tomar: podem ser tomados antes ou depois dos treinos, pois seus efeitos não são imediatos, mas sim cumulativos.

Combo de suplementos para recuperação muscular

Após os treinos, os músculos sofrem microlesões e o corpo um alto desgaste por conta da atividade física. É nessa hora que o nosso organismo precisa urgentemente de um combo de proteínas e carboidratos para suprir suas demandas e poder reconstruir a musculatura.

Enquanto a proteína é essencial para a construção muscular, o carboidrato é o responsável por repor a energia perdida e reabastecer as reservas de glicogênio e ainda liberar insulina no sangue, o que auxilia no transporte de proteínas para o músculo.

A combinação Whey Protein + Maltodextrina ou Dextrose é a mais comum feita pelos atletas.

Quando tomar: esse combo pode ser consumido em vários momentos do dia, dependendo do objetivo e conforme orientação do seu nutricionista. Entretanto, após uma sessão de treinamento, esses suplementos são indispensáveis.

Há ainda quem prefira consumir primeiramente o combo Creatina + Dextrose (ou malto) e apenas 10 minutos depois o Whey. Tome essa decisão junto com o especialista que te acompanha.

Quem tem um ritmo de treino muito pesado, com exercícios intensos e quem passa mais de uma hora fazendo exercícios de endurance (por ex.: corrida, ciclismo) ou consome pouca proteína nas refeições, ainda pode precisar de um suporte maior de aminoácidos, indo além do Whey Protein. Nesses casos, o consumo associado de BCAA e Glutamina (antes ou depois dos treinos) pode ser indicado.

É possível consumir mais de um tipo de proteína ao dia, desde que seja respeitado o cálculo de proteínas recomendado pelo médico ou nutricionista. A Caseína, por exemplo, é uma fonte de proteína ainda pouco usada no Brasil, mas com vários benefícios. O principal deles é a sua lenta digestão (diferente do whey), que permite que os aminoácidos sejam liberados gradualmente na corrente sanguínea – ação importante nos momentos em que o corpo fica sem ingestão proteica, como durante o sono.

Outros suplementos como a D-Ribose e a Colina também são interessantes para incluir na rotina de suplementação para a recuperação do corpo, mas a sua necessidade deve ser orientada pelo profissional de nutrição.

E, por fim, na recuperação muscular nada é mais importante do que uma boa hidratação para repor os sais minerais e eletrólitos perdidos.

Combo de suplementos para aumentar a energia, o foco e a concentração

A fadiga pode acontecer em dois locais e afetar a performance do atleta: na musculatura ou no sistema nervoso central.

Por isso, mesmo que você esteja se sentindo enérgico e sem cansaço, ainda assim é possível não ter uma boa performance nos exercícios pelo sistema nervoso central estar fadigado.

Nessas horas, é indicado ingerir suplementos com elevado potencial energético para elevar o estado de alerta do corpo, e com capacidade de reduzir a fadiga central antes do treino.

Produtos que contenham a taurina e o magnésio, palatinose, cafeína ou L-theanine que atuam no metabolismo energético são boas opções. Assim, você não terá seu treino comprometido pela fadiga e poderá treinar em outro nível.

O combo Cafeína + L-Theanine é uma boa opção.

Quando tomar: no pré-treino, entre 15 a 30 minutos antes de iniciar os exercícios físicos.

Contraindicações: suplementos estimulantes energéticos não são para todos. Pessoas com pressão alta ou outros problemas cardiovasculares, com sensibilidade à cafeína ou a outras substâncias encontradas nessa categoria de suplemento, ou que tenham problemas na sua eliminação não devem consumir esse tipo de suplemento.

Combo de suplementos para perda de peso

O uso dos suplementos alimentares também pode ser feito com a intenção de perder gordura corporal. Os suplementos proteicos, como o Whey Protein, são conhecidos por serem aliados do emagrecimento ao ajudar a aumentar a sensação de saciedade – auxiliando no controle da ingestão de calorias ao longo do dia – e por colaborarem com o aumento da massa muscular, o que faz aumentar o gasto calórico diário.

Suplementos termogênicos são outra categoria que ajuda a queimar gordura corpórea. Substâncias presentes neles, como a cafeína, guaraná, gengibre e o extrato de chá verde ou branco estimulam o metabolismo basal e auxiliam na redução da retenção de líquidos. Sem contar que esses compostos ainda otimizam os treinos, fazendo com que você tenha mais disposição para treinar.

Mas, obviamente, apenas consumir whey e termogênicos não vai garantir nenhuma redução de peso. Para emagrecer, é preciso investir firmemente na dieta e exercícios físicos.

As combinações mais comuns de termogênicos são:

  • L-carnitina + cafeína
  • Cafeína + extrato de chá-verde e chá branco

Quando tomar: Whey Protein preferencialmente sempre após os exercícios físicos, e os termogênicos antes.

Combo de suplementos para a longevidade

Outro combo de suplementos, importante para incluir na rotina são aqueles que ajudam na promoção do bem-estar e da longevidade. Os principais dessa categoria são conhecidos por prevenir diversas doenças, melhorar o rendimento físico e a concentração, além de promover mais qualidade de vida.

Polivitamínicos, ômega 3 e colágeno são os principais participantes da turma que melhoram a saúde.

Esperamos que você tenha gostado das dicas deste post sobre a combinação entre suplementos. É importante lembrar que as informações contidas aqui são apenas sugestões para potencializar os seus efeitos e melhorar os seus resultados com a academia. Para adequar os produtos às suas necessidades procurem sempre a orientação de um médico ou nutricionista.

Tem mais alguma dúvida sobre a combinação entre suplementos alimentares? Deixe o seu comentário aqui embaixo que iremos te ajudar!

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.