Glossário

Confira aqui os principais termos do mundo fitness

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | X | W | Y | Z

A

Aminoácido
São moléculas que apresentam em sua estrutura básica um grupo amino (NH2) e um grupo carboxílico (COOH). Através de ligações peptídicas, formam as proteínas, e podem ser classificados em aminoácidos não essenciais (produzidos pelo organismo) e aminoácidos essenciais (não produzidos pelo organismo).
Anabólico
Substância que tem capacidade de ativar o estado metabólico de anabolismo, levando a reações de síntese orgânica, isto é, a partir de substâncias/moléculas mais simples são produzidas substâncias/moléculas mais complexas.
Anabolismo
Produção de nova matéria orgânica nos seres vivos por meio da síntese de moléculas simples em complexas. É o processo responsável pelo crescimento, regeneração e manutenção dos diversos tecidos e órgãos presentes no organismo. Exemplo de anabolismo é a síntese proteica a partir de aminoácidos.
Anticorpos
São proteínas específicas de defesa, sintetizadas pelo sistema imunológico de um organismo. São capazes de identificar e neutralizar antígenos (corpos estranho, como bactérias, vírus ou células tumorais).
ATP - Adenosina Trifosfato
Molécula constituída por adenosina, composta de adenina e ribose, e três grupos fosfato. Quando o ATP é quebrado, libera uma grande quantidade de energia utilizável , servindo como combustível que ativa, por exemplo, a contração muscular.

B

BCAA
Composto formado por 3 aminoácidos: leucina, isoleucina e valina. são denominados aminoácidos de cadeia ramificada por conta de sua formação estrutural. Os BCAAs Compõe parte das proteínas musculares e são metabolizados nos próprios músculos, fornecendo energia em exercícios prolongados, e evitando o catabolismo proteico.
Suplementos de proteína do soro do leite (whey protein) e proteína do ovo (albumina) também são boas fontes de BCAA.
Biotipo
Conjunto de características herdadas geneticamente que definem o tipo físico de cada organismo (endomorfo, mesomorfo, ectomorfo). Tais caracteristicas são influenciadas pelo ambiente que configura o indivíduo.
Bodybuilder
Bodybuilder - Praticante de Bodybuilding, busca mais volume, mais definição, mais simetria, através do exercício físico.

C

Carboidrato
Molécula orgânica, produzida em sua grande maioria, pelos vegetais, podendo ser classificado em monossacarídeos (glicose, galactose e frutose), dissacarídeos (sacarose, lactose e maltose), oligossacarídeos (maltodextrina e fruto-oligossacarídeos) e polissacarídeos (amido). Os carboidratos tem a função de fornecer energia ao organismo que o consome.
Catabolizar
Referente ao catabolismo, que se trata de um processo metabólico de ocorrência natural no corpo, onde há degradação de determinados tecidos com o objetivo de obter energia. O catabolismo ocorre quando os níveis de glicose no sangue estão baixos (hipoglicemia), então sinais são enviados ao fígado para que aja uma mobilização generalizada para produção de energia, havendo degradação de proteínas e gordura.
Cut/Cutting
Fase de preparação de um bodybuilder, na qual, o objetivo é a definição muscular. Este processo caracteriza-se por estratégias envolvidas na dieta e na suplementação, para que seja reduzido o percentual de gordura do indivíduo, minimizando as perdas de massa muscular.

D

Day Off
Estratégia normalmente utilizado em dietas com pouca quantidade de carboidratos, que visam apenas acelerar o metabolismo que foi alterado por conta da restrição calórica semanal. O day off acelera o metabolismo e precisa ter uma alta ingestão calórica, principalmente de carboidratos, porém deve ser minuciosamente adequado a cada indivíduo.

E

Enzimas
As enzimas são substâncias orgânicas, em sua grande maioria proteínas, que atuam como catalisadores de reações químicas no organismo. Ou seja, elas aceleram as reações químicas, sem serem destruídas no processo. As enzimas são altamente específicas, atuando sobre determinada reação ou sobre determinadas moléculas, conhecidas como substratos.

F

Fase concêntrica
Também conhecida como fase positiva, trata-se do momento onde há contração do músculo alvo.
Fase excêntrica
Também conhecida como fase negativa, trata-se do momento onde há alongamento do músculo alvo.
Fenilalanina
Aminoácido essencial ao ser humano, isto é, deve vir da alimentação ou suplementação. No organismo, é convertida em tirosina, para síntese de norepinefrina (noradrenalina), epinefrina (adrenalina) e dopamina.
Fisiculturismo
Também conhecido como Bodybuilding, tem como principal objetivo, melhorar a estética corporal, geralmente com fins competitivos. Os pré-requisitos para a participação em uma competição de fisiculturismo são: volume dos músculos, definição muscular e a proporção entre eles. A competição possui diversas categorias, para ambos os sexos, e é disputada através da comparação dos músculos em diferentes aspectos: tamanho, definição, força, proporção, definição e estética. Para isso, o bodybuilder utiliza estratégias como: treinamento, repouso, nutrição, e suplementação, acrescentando proteína extra à alimentação.
Frutose
Também conhecido como levulose, é um carboidrato simples (monossacarídeo), ou seja, um açúcar. Quando ligada a glicose, a frutose constitui a sacarose, além de estar presente em grande concentração no mel. Nas frutas sua composição é relativa, apresentando alto teor apenas em algumas. É considerado o mais doce entre os açúcares, e, por conta disto, tem sido amplamente utilizado pela indústria, geralmente utilizada na forma de xarope de milho. metabolizada no fígado, a frutose tem sido relacionada ao estímulo de lipogênese (acúmulo de gordura) pelo organismo.

G

Glicose
Também denominada de dextrose, trata-se de um açúcar (monossacarídeo), ou seja, um carboidrato, sendo a principal fonte de energia celular. No organismo, quase todos os carboidratos são digeridos em moléculas menores, para serem absorvidos em forma de glicose. É através do nível de glicose presente no sangue, que o corpo modula a liberação de insulina. Quando a concentração está baixa, denominamos hipoglicemia, e quando este apresenta-se elevado, é denominado hiperglicemia.

H

Hipertrofia
Aumento do tamanho de qualquer célula do organismo, quando esta, sofre uma sobrecarga, ou seja, um estímulo crônico, recorrente. Como exemplos práticos, a sobrecarga exercida no músculo de bodybuilders através da musculação, leva a síntese proteica, consequentemente, ocorre a hipertrofia das células musculares.
Histidina
Trata-se de um aminoácido essencial, hidrofílico (possui afinidade com água). A histidina participa, juntamente com a β-alanina (beta alanina), da síntese endógena de carnosina, a qual, tem sido relatado, ter uma importante contribuição para o desempenho em atividades de alta intensidade, especialmente naquelas limitadas pela acidose intramuscular.
Hormônio
Hormônios são substâncias químicas de ação sistêmica produzidas por células especializadas, em sua grande maioria, presentes nas glândulas endócrinas. Os hormônios são lançados na circulação, sendo que cada um possui um efeito específico, sendo de indução ou inibição. São de extrema importância para o controle do funcionamento do corpo humano, regulando o crescimento, as funções de vários tecidos, o metabolismo, etc. A taxa de secreção varia com a necessidade do organismo.

I

Índice glicêmico
Usado para classificar os diferentes carboidratos provindos da alimentação, de acordo com a capacidade que os mesmo possuem de elevar a glicemia sanguínea, quando comparados a um alimento de referência. Estudos recentes apontam que alimentos com baixo índice glicêmico demonstram efeitos benéficos no controle da glicemia.
Insulina
Hormônio produzido pelas células beta do pâncreas que permite a entrada de glicose nas células para produção de energia. Alias, a insulina é um hormônio anabolizante sistêmico, isto é, atua também no metabolismo de lipídeos e proteínas. Como exemplos de reações anabólicas geradas pela insulina, temos a suspensão da liberação de glicose pelo fígado, levando a um aumento na síntese de glicogênio hepático e muscular, a inibição de lipólise pelo tecido adiposo, e o aumento da absorção de aminoácidos circulantes pelas células, aumentando a síntese proteica.
Isoleucina
Aminoácido essencial, classificado também de aminoácido de cadeia ramificada. A isoleucina pode ser encontrada em fontes de proteína animal (carnes, frango, ovos, peixes), de alguns vegetais (amêndoas, grão-de-bico e a maioria das sementes), e juntamente com outros dois aminoácidos de cadeia ramificada (leucina e valina) compõe o suplemento BCAA, o qual, estudos comprovam reduzir a degradação de proteína induzida pelo exercício.
Isometria
Trata-se de uma técnica de exercício muscular que consiste em realizar contração dos músculos alvos sem movimento articular. A contração muscular isométrica, além de diminuir a sobrecarga articular, ainda desenvolve a resistência dos tendões e ligamentos, consequentemente aumentando a flexibilidade. Esses fatores tornam a isometria benéfica não somente para evitar lesões, mas também recuperação de tais condições.

L

Leucina
Aminoácido essencial, classificado também de aminoácido de cadeia ramificada. A leucina pode ser encontrada em fontes de proteína animal (carnes e laticínios), de alguns vegetais (castanhas, feijões, arroz integral, soja e trigo integral), e juntamente com outros dois aminoácidos de cadeia ramificada (isoleucina e valina) compõe o suplemento BCAA, o qual, estudos comprovam reduzir a degradação de proteína induzida pelo exercício.
Lisina
Aminoácido produzido pelo próprio organismo humano, a lisina tem uma das cadeias de aminoácidos mais longas dentro os vinte sintetizados pelo ser humano. A lisina ajuda no crescimento ósseo, além de ser componente do colágeno, de cartilagens e outros tecidos conectivos, sendo usada também para o tratamento contra o vírus da herpes, por sua atividade antiviral. Além disso, participa da produção de carnitina, em conjunto com a metionina. A carnitina possui um efeito vasodilatador e antioxidante, e vem sendo utilizada por atletas visando um aumento do fluxo sanguíneo para os músculos.

M

Massa Magra
Termo usado para definir aspectos específicos da composição corporal. No caso da massa magra, são levados em consideração o peso somado de músculos, ossos e vísceras. Diferentemente da massa corporal livre de gordura, que conta com todo peso corporal isento de gordura, e da massa corporal gordurosa, que fornece o percentual de gordura total do organismo.
Metionina
Aminoácido essencial e sulfurado, isto é, contém enxofre, substância preventiva em desordens de cabelo, peles e unhas. Além disso, o fato de conter enxofre auxilia na formação de aminoácidos não essenciais, a cisteína e a taurina, estas, por sua vez, ajudam o corpo a eliminar toxinas. A metionina, em conjunto com outros dois aminoácidos (glicina, arginina) também é responsável pela produção de creatina.

O

Overtraining
Termo utilizado para denominar um excesso de atividade física, a ponto do organismo não ser capaz de se recuperar adequadamente. O overtraining não só prejudica a hipertrofia muscular, como também pode gerar catabolismo proteico. Outros sintomas relacionados ao overtraining são: contusões musculares e articulares, resfriados frequentes, dores de cabeça, ansiedade, depressão, perda de força, cansaço anormal, entre outros.

P

Proteína
São macromoléculas formadas por aminoácidos através de ligações peptídicas. No corpo humano, existem cerca de 50 mil componentes proteicos, destas, 65% são encontradas no músculo esquelético. Sua ingestão está diretamente ligada ao processo de hipertrofia muscular, porém as mais variadas funções são destinadas as proteínas e seus compostos, tais como: fornecimento de energia, formação de outras estruturas do corpo (unhas, cabelos, pele, tendões, ligamentos, órgãos e ossos), produção hormonal e enzimática, fortalecimento do sistema imunológico, controle do ph, e função transportadora.

S

Sacarose
Popularmente conhecida como açúcar refinado, ela é encontrada em alimentos vegetais, como a beterraba e a cana-de-açúcar. A sacarose é um dissacarídeo composto por dois monossacarídeos, a frutose e a glicose.

T

Treonina
Aminoácido essencial, tem participação na constituição do colágeno,auxilia no funcionamento do trato gastrointestinal sendo o mais abundante aminoácido para formação de imunoglobulinas.
Triptofano
Aminoácido essencial, indispensável para síntese de serotonina, um dos neurotransmissores mais importantes para o bom funcionamento cerebral, sendo diretamente ligado a regulação do humor. Além disso, a serotonina é relacionada com sintomas clássicos da fadiga central, portanto altas concentrações de triptofano no SNC durante o exercício prolongado, tem sido relacionada à tal condição. Entretanto, alguns estudos não corroboram com esta hipótese, sendo necessários mais pesquisas.

V

Valina
Aminoácido essencial, classificado também de aminoácido de cadeia ramificada. A valina pode ser encontrada em fontes de proteína animal (carnes, laticínios) de alguns vegetais (proteína de soja, grãos, amendoim e cogumelos), e juntamente com outros dois aminoácidos de cadeia ramificada (leucina e isoleucina) compõe o suplemento BCAA, o qual, estudos comprovam reduzir a degradação de proteína induzida pelo exercício.

Newsletter

Contato

São Paulo(11) 4063-5511

Rio de janeiro (21) 4063-7575

Belo horizonte (31) 4063-9533

brasilia (61) 4063-8266

salvador(71) 4062-9296

curitiba (41) 4063-5511